A escassez de moedas no varejo: saiba como evitar

Publicado em segunda, 30 novembro -1
A escassez de moedas no varejo: saiba como evitar

Mesmo nos dias de hoje, em que existem vários meios de pagamento e parte dos clientes optam pelo cartão,  a escassez de moedas no varejo gera transtornos no dia a dia do setor supermercadista.

Imagine a seguinte situação: o supermercado está cheio de clientes, filas e mais filas. Neste momento, entre os vários consumidores, tem sempre aquele que está só com o dinheiro e você com o caixa praticamente vazio. Complicado, não é mesmo?

Aí você, sem o troco, precisa pedir auxílio ao gerente e o cliente fica incomodado, o atendimento demora, quem está na fila também não gosta de esperar, enfim, um caos.

Pensando nisso, vamos abordar como a tecnologia pode ser a solução da escassez de moedas no varejo. Continue lendo!

Quais os desafios provocados pela falta de troco no supermercado?

 A ausência de moedas pode até parecer um problema de menor importância. Entretanto, essa não é a realidade. Existem alguns fatores que podem passar despercebidos, mas o impacto deles é significativo para o bom andamento do seu negócio.

Veja na sequência algumas das consequências da escassez de moedas no varejo:

Inconsistências no fechamento do caixa

Um dos pontos que gera estresse quando há ausência de troco no estabelecimento é o momento de fechar o balanço do dia.

Por isso, é tão importante que o caixa tenha como devolver a diferença dos pagamentos feitos pelos clientes em dinheiro.

Quando há a falta desse valor, existe a necessidade de arredondar o troco para não prejudicar o consumidor. Mas, nessa dinâmica, o prejuízo fica sempre para o estabelecimento, que tem que cobrir os custos, prejudicando seu faturamento.

Transtornos com clientes

Proporcionar ao consumidor do seu supermercado uma experiência incrível precisa ser um dos pilares do seu negócio.

Entretanto, um dos pontos que pode deixar essa relação estremecida é quando falta troco no caixa.

Mesmo que, em muitas vezes sejam alguns centavos, é direito do cliente receber aquele recurso, inclusive previsto no Código de Defesa do Consumidor. Além disso, arredondar o troco para menos é prática ilícita, sem falar que isso pode acarretar prejuízos para o supermercado.

Aliás, o estabelecimento pode até, majoritariamente, receber através de outros métodos, inclusive aqueles mais atuais, como o PIX, por exemplo.

Porém, em alguns momentos, o cliente quer pagar em dinheiro e você não quer deixá-lo irritado no caixa pela falta de troco, principalmente enquanto outros aguardam na fila mais frustrados ainda.

Então, o melhor caminho é contar com mecanismos eficazes para evitar esse problema.

Prejuízo na performance dos profissionais

Outro problema da escassez de moedas no varejo é o impacto negativo no desempenho dos colaboradores.

Imagine que o seu funcionário teve que abandonar o caixa para comunicar ao gerente da falta de troco? Pense no quanto isso impacta no tempo de atendimento dentro de loja, deixando o cliente insatisfeito.

Você já ouviu falar em entesouramento?

De acordo com o Banco Central do Brasil, são produzidas moedas em quantidade suficiente para atender às necessidades de troco do país. Mas, após serem utilizadas, algumas são retiradas de circulação prematuramente, sendo esquecidas em gavetas, potes, carros e até mesmo são perdidas.

Essa saída de circulação de forma prematura é conhecida como entesouramento e acontece em todo mundo. Mas no Brasil, ela afeta aproximadamente 35% do total de moedas produzidas, elevando os gastos e, além disso, provocando desperdício e impactando o meio ambiente.

Esse entesouramento impacta consideravelmente a escassez de moedas no varejo. O que resulta na busca de grandes varejistas para resolver a situação , seja por meio de coleta de moedas ou até mesmo comprando no mercado. Mas isso pode gerar uma grande burocracia e, ainda assim, manter o entesouramento por meio da perda de moedas.  E é aqui que entra a tecnologia.

Como a tecnologia pode ajudar a minimizar a escassez de moedas no varejo?

Por mais que seja um assunto delicado, ligado a falta de moedas para distribuição, nos últimos anos, a adoção de tecnologias por cartões, NFC, smartphones, carteiras digitais e, recentemente, a implementação do PIX, provocaram uma revolução na forma de realizar pagamentos.

No entanto, dependendo da região e do tamanho do comércio, boa parte das compras ainda permanece sendo paga em dinheiro. Dessa forma, surge também a necessidade do troco, principalmente em forma de moedas.

A VR Software pode te ajudar!

Desenvolvemos várias soluções para o setor supermercadista, com o objetivo de otimizar processos dentro do segmento, contribuindo para o bem-estar e desenvolvimento sustentável dos players do setor.

No que diz respeito ao combate efetivo do problema da escassez de moeda no varejo, tenha em mãos o VR Troco Digital. Uma solução que permite ao consumidor  armazenar o troco em moedas da última compra por meio de uma carteira digital.

Uma forma de creditar o valor que por muitas vezes pode faltar no caixa de loja ou criar um volume desnecessário de moedas na carteira do consumidor. Moedas essas que podem sair rapidamente de circulação. Que é o caso do entesouramento, que falamos acima.

Por meio do VR Troco Digital, o valor creditado pode ser usado em compras futuras de todas as lojas da sua rede.  Sendo assim, uma solução que impacta positivamente na vida do consumidor e do varejista.

Veja o que mais a plataforma oferece:

-Mecanismo 100% conectado ao VR Master / Frente de Caixa;

-Troco vinculado ao CPF do cliente;

-Caso o cliente não tenha o APP, não tem problema. Basta informar o CPF no momento da compra;

-Não existe limite de saldo ou prazo para utilização;

-Interface simples e intuitiva;

-A atualização dos créditos é realizada em tempo real.

-Indicação de Amigos através de convites enviados para o Whatsapp ou e-mail pelo próprio aplicativo.

-Transfere Saldo através do aplicativo para que outros amigos possam utilizar na mesma Rede

Além disso, outra vantagem do VR Troco Digital é a possibilidade de potencializar a fidelização do cliente, por meio do troco armazenado, sem falar na redução de dinheiro circulando no estabelecimento e, ao mesmo tempo, na facilidade de acesso ao crédito.

Você ainda pode usar esse mecanismo para elaborar promoções e outras estratégias de marketing, por meio do cadastro de clientes no sistema CRM.

A ideia deste post é mostrar que a escassez de moedas no varejo pode ser resolvida de maneira simples, tecnológica e funcional, além disso, pode agregar uma imagem positiva para o seu negócio perante os consumidores.

Conheça o VR Troco Digital e saiba como implementar essa estratégia no seu supermercado: 

 

QUEM VIU ESTE ARTIGO TAMBÉM VIU

Newsletter

Faça parte da Comunidade VR! Receba dicas e conteúdos sobre supermercados

CONTATO MATRIZ
19 3442-7600 | 19 3701-6520
Plantão:
19 4040-4040 | 19 3442-7600

Ver Unidades

ENDEREÇO MATRIZ
Rua Narciso Gonçalves, nº 59
Jd. Cidade Universitária
Limeira-SP | CEP 13484-646

Ver Unidades