A importância dos dados: o futuro do supermercado

Publicado em segunda, 10 maio 2021
A importância dos dados: o futuro do supermercado

Você já sabe a importância dos dados para o varejo. Caso ainda tenha dúvidas clique aqui (link do blog post sobre big data) e saiba como eles podem ser importantes para a empresa. 

As organizações que mais cresceram nos últimos anos, tem o compromisso de trabalhar baseados na coleta de informações.

 

A importância dos dados - uma riqueza pouco explorada

Mas de uma coisa é certa, eles são cruciais para as análises de valor dentro da empresa. É como se fizesse um estudo para construção em um terreno, mas ignorasse o potencial daquele solo. Se existem possibilidades de desabamentos ou se ele suporta a construção. 

No entanto, é apenas uma questão de tempo até que o valor dos dados de um negócio comece a fazer parte do balanço das empresas. Pois esse é o futuro, e no momento, quem trabalha com o compromisso pela coleta de dados, sai na frente. Tem as estratégias bem estruturadas tomadas de decisão baseadas em informações úteis e consequentemente resultados positivos dentro do negócio.

O varejo precisa estar preparado para aceitar que o modelo tradicional de negócio não se sustentará por muito tempo. Porém o que o setor varejista tem de muito valor, são toneladas de dados primários que precisam ser aproveitados ao máximo, para criar fluxos e estratégias. Use essas informações a seu favor!

Com isso em mente, o data-driven pode ser a melhor solução.

Empresas que adotam data-driven são aquelas que maximizam o potencial que só os dados certos oferecem. A finalidade dessas informações coletadas é transformá-las em ação.

 

O que é data-driven?  Saiba como ele interfere na importância dos dados

O termo data-driven quer dizer, em tradução livre, orientado por dados. Portanto, já dá para supor o que ele significa na prática, certo?

Uma empresa orientada por dados cultiva a cultura de se basear nas informações para tomada de decisões estratégicas.

Nesse formato, todos os setores e funcionários têm acesso a uma série de dados relevantes para serem explorados e examinados no dia a dia das atividades comerciais.

 

Mas por que ser data-driven no varejo?

A importância de ser data-driven no varejo se resume em segurança. A empresa é orientada por dados, pode tomar decisões com base em comprovações e previsões seguras, que são mais confiáveis do que as baseadas em suposições.

Chega de achismos! O Supermercado pode e deve usar dados coletados para as ações.

 

Como coletar dados e informações importantes para o varejo?

Existem diferentes lugares que você pode utilizar para uma gestão eficiente baseada na cultura de dados. E claro, as fontes mais complexas, baseadas em inteligência artificial, como a big data.

Olhe para os dados internos! Vendas, relatórios, indicadores de desempenho, e informações que são geradas pela empresa.

Além disso, lembre-se que os consumidores estão no mundo digital. Coletar as informações pelo site e redes sociais, também são consideradas importantes fontes.

 

Use os dados para definir os planejamentos

As tomadas de decisão mais importantes do varejo precisam ser baseadas nos melhores dados possíveis. Medidas estratégicas devem ser testadas e reavaliadas.

A liderança deve determinar a expectativa de que as informações coletadas serão usadas para avaliar as decisões, e então, confiar nelas para minimizar os riscos.

 

Tente também, prever o futuro através dos dados.

Faça previsões testáveis, depois tome ações com base nessas previsões. Por meio da coleta de dados, a empresa consegue trabalhar com análises antecipadas. 

O comportamento do consumidor mudou, ele busca a melhor experiência de compra! O varejo precisa se reinventar para lidar com o mundo a cada dia mais digital. 

Para o futuro do varejo, é preciso ter agilidade. Aproveitar as oportunidades e se adaptar rapidamente as mudanças. Caso contrário, será difícil sobreviver no mercado.

 

E fique atento, não resume apenas em ter um site ou redes sociais. E sim:

- Avaliar como as ofertas impactam o cliente;

- Conhecer o comportamento do consumidor;

- Saber o que está prejudicando as negociações com os fornecedores; 

- Avaliar cada margem de lucro e como chegou até ela; 

- Prevenir prejuízos. 

Todos esses pontos são extremamente importantes. Pois nesse momento, quem sobrevive não é o maior ou mais forte, mas aquele que souber se adaptar e analisar os dados para tomar as melhores decisões.

 

Tenha em mente que esse negócio tende apenas a crescer 

Aceite essa realidade e, a partir daí seja rigoroso(a) com a coleta de informações dentro da empresa. Verifique se o seu time tem a mentalidade de melhoria e procure oportunidades para otimizar processos existentes e capturar novos dados. Esse é o primeiro passo para transformar o seu supermercado em data-driven.

E aí, o seu supermercado está pronto para o futuro?

QUEM VIU ESTE ARTIGO TAMBÉM VIU

Newsletter

Faça parte da Comunidade VR! Receba dicas e conteúdos sobre supermercados

CONTATO MATRIZ
19 3442-7600 | 19 3701-6520
Plantão:
19 4040-4040 | 19 3442-7600

Ver Unidades

ENDEREÇO MATRIZ
Rua Narciso Gonçalves, nº 59
Jd. Cidade Universitária
Limeira-SP | CEP 13484-646

Ver Unidades