Big data no varejo: por que investir?

Publicado em terça, 28 setembro 2021
Big data no varejo: por que investir?

Abordamos aqui no blog, a forma como a Big Data pode impactar nos resultados de um supermercado. Além disso explicamos o valor dos dados em grande quantidade, seus princípios e como eles podem agregar no setor. Agora, chegou o momento de aprofundar e discutir os motivos pelos quais, vale a pena investir em Big Data no varejo!

Todas as demandas de um supermercado podem gerar uma grande quantidade de dados. A partir do uso de um sistema de gestão, o supermercadista tem acesso às informações pessoais e registros de compra do consumidor. O mesmo vale para os processos administrativos de uma loja. Ou seja, essas informações são muito valiosas para o varejista.

Portanto, fazer a análise de dados estruturados dentro do supermercado se tornou uma necessidade urgente. O mercado tem compreendido, cada vez mais, que esse é o futuro do negócio. O Big Data pode otimizar consideravelmente as etapas mais complexas da gestão do varejo e fazer com que elas sejam executadas a partir de métodos mais eficazes.

Neste post, separamos alguns benefícios de se investir em Big Data no varejo e como aplicar à realidade de um supermercado. Vamos lá!

Por que um supermercado precisa do Big Data?

É possível explicar os benefícios do Big Data no varejo a partir de dois aspectos diferentes. O primeiro é a gestão dos processos administrativos da loja, já o segundo, é a relação com o cliente e a busca por sua satisfação. Ambas as demandas estão conectadas e são definidas por atividades diárias e hábitos que um gestor supermercadista deve seguir!

Em tempos de alta competitividade, é crucial otimizar cada ponto desta gestão. Agilizar os processos para atender melhor e ter mais produtividade ao longo dos dias deve ser prioridade. Ao mesmo tempo, é fundamental buscar a eficiência, que vem com a redução de erros e perdas importantes para um supermercado.

Um dos melhores exemplos está no controle de estoque. Muitas lojas ainda recorrem aos processos manuais ou métodos ineficazes para esta etapa. É um processo crucial do negócio, que se conecta, diretamente, com a saúde financeira da loja e com a experiência do cliente, que precisa encontrar tudo que procura.

O gerenciamento de dados em grande quantidade estabelece uma gestão mais consciente de ponta a ponta. A realidade do controle de estoque se aplica em outras demandas internas, como a compra destes produtos. Neste sentido, informações reais e bem processadas fornecem os argumentos corretos para basear as tomadas de decisão!

Mas, como o Big Data soluciona essas demandas?

Antes de tudo, é importante destacar que trabalhar com inteligência de dados exige investimentos importantes. É necessária uma boa estrutura tecnológica para coletar, armazenar e processar essas informações de forma com que ela possa fazer a diferença, na prática!

Os softwares de gestão são elementos fundamentais nesta estratégia. Existem soluções específicas para otimizar cada uma das etapas cruciais de processos gerenciais. Controle financeiro, fiscal e logístico, monitoramento de vendas, compras, despesas e lucro, assim como as demandas de faturamento no caixa. Tudo isso com a retaguarda da inteligência de dados.

E se falamos em Big Data no varejo, é imprescindível comentar tecnologias que representam fortes tendências atuais. O supermercado omnichannel é uma delas! Ele foca em proporcionar ao cliente uma experiência que conecta o mundo físico ao digital, podendo, por exemplo, comprar pela internet e retirar na loja.

Os dados ainda podem ser armazenados com toda a segurança e espaço possível. Por isso é tão importante que os supermercados invistam, também, nos sistemas de armazenamento em nuvem e backup, que garantem o tratamento ideal para todas as informações obtidas na rotina do varejo. Com isso elas não são perdidas ou extraviadas!

Big Data no varejo e o gerenciamento da relação com o cliente

Após passar pelo gerenciamento de processos internos do supermercado, é hora de entender porque o varejo precisa do Big Data para otimizar a gestão do relacionamento com o consumidor! O cliente é a peça central na estratégia de qualquer negócio, porém, alguns gestores, não só no varejo, têm enormes dificuldades para potencializar essa relação.

Em uma gestão de alto nível, não é possível ter sucesso quando se enxerga o consumidor como máquinas que vão à loja e compram produtos, sem nome, personalidade, hábitos e preferências. Na era da informação é um grande desperdício desvalorizar os dados que um cliente pode gerar.

Ao personalizar a relação com o consumidor, com o Big Data no varejo, é possível entender cada cliente de forma individual e personalizada. Ele ganha um nome, personalidade, e principalmente, é possível compreender seus hábitos e preferências. Quando se faz a coleta desses dados e o processamento deles com inteligência, o varejo só tem vantagens!

Com o registro dos hábitos de compra de um cliente é possível segmentar o estoque e até mesmo a precificação para atender melhor esses consumidores. O Big Data faz com que essa relação deixe de se resumir à compra e venda de produtos. Os dados dos clientes servem para aprofundar o relacionamento com os mesmos e alcançar a tão sonhada fidelização.

E como o Big Data no varejo contribui para melhorar o relacionamento com o consumidor?

Os benefícios do Big Data no varejo estão para além das tecnologias que otimizam os processos internos do supermercado, e consequentemente resultam em um produto melhor. A inteligência de dados atua, diretamente, de fato, na aproximação e otimização do relacionamento com o consumidor!

O Big Data torna realidade o sonho de dar aos clientes uma identidade, um rosto, um comportamento. E a principal tecnologia necessária para isso acontecer é o CRM de supermercado. Este sistema faz todo o cadastro do cliente, no momento em que ele faz uma compra no caixa, e a partir daí muitas possibilidades se abrem.

Com os dados dos consumidores à disposição, é possível criar clube de vantagens e promoções especiais. Tudo isso pode ser feito de maneira customizada, na busca por agradar e chamar a atenção de clientes em específico. E como as informações utilizadas são desses próprios consumidores, aumenta a oportunidade de fidelizá-los com eficiência.

Além de tudo isso, o CRM contribui para outras demandas citadas anteriormente no texto, não apenas no relacionamento com o cliente. Isso acontece porque os dados obtidos contribuem, também, para tomadas de decisão mais conscientes em outros setores, como no controle de estoque e na compra e venda de produtos!

A VR Software conta com tecnologias que solucionam todos esses problemas, e transforma as demandas em otimizações impactantes para a gestão do varejo. Clique aqui e conheça nossas soluções!

QUEM VIU ESTE ARTIGO TAMBÉM VIU

Newsletter

Faça parte da Comunidade VR! Receba dicas e conteúdos sobre supermercados

CONTATO MATRIZ
19 3442-7600 | 19 3701-6520
Plantão:
19 4040-4040 | 19 3442-7600

Ver Unidades

ENDEREÇO MATRIZ
Rua Narciso Gonçalves, nº 59
Jd. Cidade Universitária
Limeira-SP | CEP 13484-646

Ver Unidades